20 de Julho 2024 16:01
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine
0

Atletismo

Tiago Pereira define meta após bronze nos Jogos do Mediterrâneo: “Quero chegar onde o Pichardo está, o número um”

Foto: FPA

O atleta português Tiago Luís Pereira mostrou esta quinta-feira que segue em plena evolução na carreira. Após conquistas este ano o título nacional no triplo-salto em pista coberta, o atleta olímpico de 28 anos voltou a realizar uma boa prestação e conquistou a medalha de bronze na sua especialidade, o triplo-salto, nos Jogos do Mediterrâneo Oran 2022, que decorrem na Argélia.

O atleta do Sporting Clube de Portugal saltou 16,90 metros (v: +0,7 m/s), no seu último ensaio, a sua melhor marca nesta temporada. Antes, o atleta da Equipa Portugal havia saltado 16,65, 16,47, 16,21 e 16,63, realizando apenas um nulo – o segundo. O português ficou atrás apenas de Yasser Triki, da Argélia (17,07) e de Tobia Bocchi (16,93).

“É sempre importante ganhar medalhas. Sabemos como o desporto funciona. O bronze foi muito importante para mim, tinha a prata mesmo no último salto, mas isto é desporto, é por isso que é lindo. Acima de tudo, é a marca que é importante para mim. Tenho tido uma época muito difícil, com muita dificuldade em fazer os saltos que fazia a época passada. Este salto significa muito para mim, que ainda estou vivo, agora é preparar-me para o Mundial”, afirmou Tiago Pereira, em declaração ao COP.

“Quero chegar onde o Pichardo [campeão olímpico] está, o número um, mas é uma escalada muito complicada, há atletas como o Pichardo, com uma qualidade acrescida, que é difícil de explicar. É continuar a trabalhar e acreditar. Os segredos é trabalhar, acreditar, é tentar outra vez, é ‘madness’, como a gente diz. É continuar a trabalhar e acreditar que um dia a gente chega lá”, acrescentou, que em Tóquio 2020 foi 16º classificado entre 31 atletas no triplo-salto com a marca de 16,71m.

Além de Tiago Pereira, conquistaram medalhas para o atletismo na quinta-feira a velocista Lorene Bazolo, com a medalha de prata nos 100m e, no lançamento do disco, Liliana Cá repetiu a conquista da medalha de prata de há quatro anos.

Esta sexta-feira, o atletismo nacional volta a entrar em ação, com Ruben Antunes a disputar o lançamento do martelo a partir das 18h00.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Edição Atual

Artigos que poderá gostar

Atletismo

Ana Dulce Félix, campeã europeia dos 10.000 metros em 2012, e detentora de um currículo recheado de conquistas, resolveu encerrar, no passado domingo, nos...

Atletismo

“Sport Lisboa e Benfica, em masculinos, e Sporting Clube de Portugal, em femininos, conquistaram o seu 14º título consecutivo na final da primeira divisão...

Atletismo

Foram ontem apresentadas no Salão Nobre da Câmara Municipal de Viseu as finais da I e II divisão dos Campeonatos Nacionais de Clubes, que...

Atletismo

Neste sábado e domingo os melhores atletas portugueses defrontam-se nos Campeonatos de Portugal, competição que decorrerá em Coimbra, no Estádio Municipal e no Centro...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.