30 de Setembro 2022 07:00
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Natação

Luís Cameira: “Foi uma época muito complicada, nós já sabíamos que ia ser”Exclusivo 

O treinador Luís Cameira ao lado dos nadadores José Paulo Lopes e Tamila Holub. Foto: Cameira /Instagram

Luís Cameira, treinador de natação, nomeadamente dos atletas José Lopes e Tamila Holub, conversou com a SportMagazine. O técnico português analisou a época dos atletas anteriormente referidos, destacando as dificuldades que esta época deteve.

O treinador pertencente aos quadros do Sporting Clube de Braga e já destacado, em 2019, como o treinador de natação do ano, realça que “foi uma época muito complicada, nós já sabíamos que ia ser, porque o ciclo olímpico foi muito longo – cinco anos”. Luís afirma que foi difícil para todos os que participaram nos Jogos Olímpicos em 2021, e descreve a situação como “depressão pós-olímpicos”.

“Todos os que estiveram em Tóquio, tiveram dificuldades. Uns no início, outros no meio, outros para o final, mas foi transversal a todos. Não só a nós, foi transversal à natação mundial. E é uma coisa natural que os psicólogos explicam bem, é como uma depressão pós-olímpicos. Uns conseguiram ultrapassá-la mais cedo e acabaram por lhe correr muito bem o Campeonato da Europa, nomeadamente o Gabriel Lopes e a Tamila Holub, que tiveram resultados excecionais”, afirmou, em conversa com a SportMagazine.

José Paulo Lopes, nadador português. Foto: Federação Portuguesa de Natação

José Lopes, atleta português treinado por Luís Cameira, teve um início de época bastante positivo. “Fez um Campeonato do Mundo fantástico, em Abu Dhabi, e retirou 10 segundos ao recorde nacional dos 1500 metros [livres], foi inclusive recorde ibérico. Aos 400 livres também bateu o recorde de Miguel Nascimento”, afirmou o seu treinador. No entanto, segundo o próprio, a partir de dezembro começaram os problemas para o atleta do SC Braga. Contudo, a recuperação está próxima.

“Com os problemas do pós-olímpicos, teve de parar para ultrapassar esta fase menos boa. E penso que os problemas estão resolvidos. Já iniciou a época, está neste momento na ilha da Madeira a preparar uma prova de águas abertas, onde é cabeça de cartaz. E penso que está pronto, neste momento para pensar novamente em altos voos na natação mundial”, realçou.

Já sobre Tamila Holub, Luís Cameira afirma ter sido o oposto de José Lopes. Começou por passar mal com a tal “depressão pós-olímpica”, tendo mesmo de parar. No entanto, terminou a época da melhor forma possível, tornando-se na portuguesa “com mais finais, tem quatro finais, e igualou a melhor classificação de sempre, o quinto lugar”. O técnico afirma ainda que “está determinada também a fazer a terceira participação nos Jogos Olímpicos, em Paris 2024”.

Tamila Holub no SC Braga. Foto: SC Braga

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Natação

A 11ª Travessia do Rio Tua – Mirandela, realiza-se este sábado, dia 24 de setembro, no espelho de água de Mirandela, Parque Império. A...

Natação

A Federação Portuguesa de Natação (FPN) solicitou, em nota pública, a abertura imediata de piscinas encerradas por questões energéticas em Portugal. A organização mostrou-se...

Natação

A nadadora Mafalda Rosa alcançou, no último sábado, um honroso sexto lugar na prova dos 10 quilómetros, no Mundial de juniores de águas abertas....

Adaptado

Em sensivelmente um mês, Albufeira irá receber 200 atletas de 21 países para o 10.º Campeonato do Mundo de Natação Adaptada – DSISO &...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.