18 de Maio 2022 07:27
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Futebol

Álvaro Pacheco sobre trocas de treinadores na I Liga: “Em Portugal não há paciência..”

Ávaro Pacheco, treinador do Vizela. Foto: Vizela/Site Oficial

Na I Liga de Futebol, que cumpre este final-de-semana a 17.ª jornada, uma estatística chama a atenção: o alto número de trocas de treinadores. Até aqui, nove profissionais perderam ou abandonaram o cargo na competição – ou seja, estatisticamente é como se quase metade das equipas já tivessem trocado de comando durante o campeonato nacional.

Não é exatamente assim porque há clubes que superam a média. O Santa Clara e o Moreirense, por exemplo, já trocaram de treinadores duas vezes. O último a perder o emprego foi Lito Vidigal, que deixou o posto na equipa de Moreira de Cónegos após um mês (chegou a 4 de dezembro e saiu a 5 de janeiro) com apenas cinco jogos: quatro derrotas e uma vitória.

Próximo adversário do Moreirense na I Liga, o Vizela trabalha no sentido contrário. A equipa mantém o mesmo treinador há três temporadas. Álvaro Pacheco foi o responsável por conduzir o Vizela no regresso ao principal escalão do futebol português, depois da inédita presença em 1984/85.

Questionado sobre a constante trocas de treinadores na competição nacional, Pacheco criticou o que chamou de “falta de paciência” dos gestores.

“Tem muito a ver com a cultura do futebol português. Há pouca paciência. Poucos são os clubes que dão tempo e espaço para os treinadores conseguirem colocar as suas ideias. No futebol precisamos de tempo. Quando um treinador chega e quer implementar as suas ideias, dinâmicas e identidade, isso requer tempo. E requer resultados positivos e negativos. No futebol português não há essa paciência. Era bom que fosse como um micro ondas, meter os jogadores todos lá dentro, aquecer durante cinco minutos e a ideia estava lá, mas isso não acontece. Tem a ver com a cultura”, explicou o técnico em conferência de imprensa esta sexta-feira.

O Vizela recebe o Moreirense às 15h30. A equipa de Álvaro Pacheco ocupa o 12.º posto da competição, com 12 pontos, enquanto o Moreirense, que terá a estreia de Ricardo Sá Pinto no banco, igualmente com 12 pontos, ocupa o 16.º lugar.

As trocas de treinadores:

8.ª jornada

Santa Clara: Daniel Ramos saiu, Nuno Campos chegou.

Belenenses SAD: Petit saiu, Filipe Cândido chegou.

11.ª jornada

Marítimo:  Júlio Velázquez saiu, Vasco Seabra chegou.

12.ª jornada

Boavista: João Pedro Sousa saiu, Petit chegou.

Moreirense: João Henriques saiu, Lito Vidigal chegou.

14.ª jornada

Paços de Ferreira: Jorge Simão saiu, César Peixoto chegou.

Santa Clara: Nuno Campos saiu, Tiago Sousa chegou.

15.ª jornada

Famalicão: Ivo Vieira saiu, Rui Pedro Silva chegou.

Benfica: Jorge Jesus saiu, Nélson Veríssimo chegou.

16.ª jornada

Moreirense: Lito Vidigal saiu, Sá Pinto chegou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderás gostar

Atletismo

Portugal encerrou este domingo a sua participação nos Jogos Surdolímpicos, que decorreram em Caxias do Sul, no Brasil, entre os dias 1 e 15...

Ciclismo

Portugal contou, este domingo, com as participações de Telmo Pinão – C2 – e de Bernardo Vieira – C1 -, em corridas de 44,4...

Futsal

Dois títulos europeus (2018 e 2022) e um mundial (2021) alcançados com uma diferença temporal tão curta elevariam qualquer equipa ou seleção a um...

Karaté

Guilherme Gonçalves tornou-se uma verdadeira máquina de conquistar medalhas. O atleta do SC Braga alcançou três esta temporada na K1 Youth League, sendo as...

@2021 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.