23 de Maio 2024 16:01
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine
0

Ciclismo

Volta a Portugal Feminina arranca no próximo dia 13 e tem pelotão de 100 ciclistas

Foto: FPF

No próximo dia 13 (quinta-feira) arranca, em Lisboa, a terceira edição da Volta a Portugal Feminina Cofidis, “evento âncora do ciclismo feminino em Portugal”, que foi apresentada numa conferência de Imprensa que teve lugar no Parque Recreativo do Alvito, em Monsanto.

A edição de 2023, agendada para decorrer entre 13 e 17 de setembro, será a primeira com cinco dias e terá um pelotão de cerca de 100 ciclistas.

A prova terá início em Lisboa, a 13 de setembro, com um prólogo de 5,3 quilómetros, às quatro da tarde. A primeira etapa será entre Loures e Vila Franca de Xira, num total de 85 quilómetros, com partida às 12h30 e chegada prevista para as 14h59. A segunda tirada vai ligar o Museu Joaquim Agostinho, em Torres Vedras, ao Museu do Ciclismo, em Caldas da Rainha, num percurso de 100,4 quilómetros, entre as 12h30 e as 15h13.

A decisões ficam guardadas para as duas etapas finais. A terceira etapa será a mais longa, num total de 111,3 quilómetros, entre Aveiro (partida às 13h) e Águeda (chegada prevista às 16h21). A quarta e derradeira tirada será de 84,4 quilómetros, entre Murtosa (partida às 13h) e Gondomar (chegada prevista às 15h33), local onde ficará definida a vencedora da 3.ª Volta a Portugal Feminina Cofidis.

O pelotão da 3.ª Volta a Portugal Feminina Cofidis, com cerca de 100 ciclistas, será composto por 15 equipas, 10 portuguesas e cinco espanholas.

“Maior edição realizada”

Esta será a “maior edição já realizada, com cinco dias, numa aposta da Federação Portuguesa de Ciclismo em aumentar a dimensão territorial da prova, com passagem por municípios ligados à história da competição e da modalidade”, destaca a Federação Portuguesa de Ciclismo.

 “O movimento pelo desporto feminino tem vindo a crescer em todo o Mundo e em todas as modalidades. Em boa hora começámos com a Volta a Portugal Feminina, em 2021, com o apoio da Câmara Municipal de Lisboa, do IPDJ, da Cofidis e dos Jogos Santa Casa, que perceberam que estávamos perante um desafio que ia crescer e apaixonar. Nestes anos, praticamente duplicámos a nossa atividade no ciclismo feminino. “A Volta a Portugal Feminina é o evento âncora que alavanca todo este projeto e que vai fazer crescer toda esta dinâmica. Vai fazer crescer as equipas e desafiar patrocinadores e novos organizadores. Este ano, a Volta tem cinco dias porque quisemos assumir o compromisso territorial”, destacou Delmino Pereira, presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, durante a cerimónia de apresentação.

*por Pedro Silva*

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Edição Atual

Artigos que poderá gostar

Adaptado

O paralímpico português Telmo Pinão terminou, no último fim de semana, na prova de fundo de classe C2 na etapa italiana da Taça do...

Ciclismo

A seleção nacional de ciclismo estará representada por dois corredores no Campeonato do Mundo de BMX, que se realiza em Rock Hill, Carolina do...

Ciclismo

Pedro Martins, presidente da Associação de Ciclismo da Beira Alta, e Sandro Araújo, vice-presidente da Federação Portuguesa de Ciclismo, vão concorrer com Delmino Pereira...

Ciclismo

A seleção nacional feminina esteve em destaque no Prémio de Ciclismo San Isidro – Troféu Blanco Villar, na Galiza. Raquel Dias venceu a prova...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.