5 de Outubro 2022 01:26
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Ginástica

Tânia Almeida e o bronze na Taça do Mundo: “Temos estado a trabalhar muito tecnicamente”Exclusivo 

Foto: Carlos Alberto Matos / FGP
Uma coreografia em especial apresentada na Taça do Mundo de Ginástica Aeróbica, realizada em Cantanhede, no último domingo, chamou a atenção pela complexidade dos elementos e pela alta técnica dos ginastas. A performance da recém-formada dupla portuguesa Tânia Almeida e Rui Cansado levou Portugal ao pódio com uma comemorada medalha de bronze.

A conquista se deu após apenas aproximadamente seis meses do par começar a treinar junto. Apesar de ser muito recente, a coreografia idealizada por Rui Cansado teve uma execução bem avaliada, suficiente para que os portugueses alcançassem uma medalha.

“O nosso grande desafio foi agendarmos treinos juntos, porque eu treino na União Recreativa do Dafundo e o Rui [Cansado] está a estudar em Leiria. Também pensava que um grande desafio seria, enquanto par, nos adaptarmos um ao outro, pois exige sempre que tenhamos uma ‘química’ que o público reconheça e goste de assistir. Mas correu muito bem, o Rui é uma pessoa muito positiva, o que ajuda muito, e acho que conseguimos atingir esse objetivo”, afirmou Tânia Almeida em entrevista à SportMagazine.

“Mas o que se veio a revelar mesmo como desafio foi estar perto de muitos atletas que vejo como exemplos a seguir, aquecer junto deles, estar numa dinâmica de seleção nacional junto das outras seleções, assistir ao apoio que nos deram da bancada e sentir o peso da responsabilidade por representar Portugal, acrescentou a ginasta.

Foto: Carlos Alberto Matos / FGP

Sobre a coreografia apresentada, Tânia Almeida avaliou a complexidade dos movimentos como alta e destacou a dedicação para realizar uma boa apresentação.

“Nós temos estado a trabalhar muito tecnicamente para nos apresentarmos ao mundo com uma dificuldade que nos distinga, conseguindo ficar entre os melhores. Não é fácil, porque há elementos que queremos apresentar que nunca foram realizados por nenhum atleta português e muito poucos no mundo o fazem. Como exemplo destacaria um elemento chamado ‘offaxis’, com o valor de 0,9 (o valor máximo dos elementos é de 1 ponto) e que mais nenhum par misto apresentou”, ressaltou a atleta.

Com apenas 18 anos, Tânia Almeida está a construir uma carreira promissora. No ano passado, já foi finalista (7º lugar) em individual feminino e medalha de prata em par misto no Campeonato da Europa de Ginástica Aeróbica juniores, em Itália. “Esta medalha de prata ficará para sempre guardada como uma das minhas melhores recordações. Foi um momento de grande alegria e recompensa pelo trabalho, de duas épocas, que tive com o meu par Luís Rosas, que foi incansável”, recordou-se.

O par misto contou com a colaboração de vários treinadores e pessoas para chegar forte à Taça do Mundo. Trabalharam em conjunto Bruna Coelho, treinadora do URD, Alexandra Barroso, treinadora do CAGPD (do Rui Cansado), além do o selecionador nacional, Rui Cardoso.

Além da medalha no par misto, Portugal ainda alcançou em Cantanhede três finais: Rui Cansado foi 4º classificado em Individual Masculino; o Grupo composto por Luís Rosas, Francisca Sucena, Rui Cansado, Tânia Almeida e Diana Diogo também foi 4º; e o Trio Luís Rosas, Francisca Sucena e Diana Diogo foi 7º. Sobre o quarto lugar, Tânia também fez uma avaliação positiva.

“Acho que o Grupo fez uma boa apresentação. Mais uma vez a grande dificuldade é o agendamento dos nossos treinos, eu treino na União Recreativa do Dafundo, com a minha treinadora Bruna Coelho, que me acompanha desde o início, o Rui estuda em Leiria, a Diana em Aveiro e o Luís e a Francisca treinam em Águeda. Em relação ao resultado obtido pelo grupo, ficámos orgulhosos, mas há sempre coisas para melhorar”, destacou.

Foto: Carlos Alberto Matos/FGP

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Ginástica

A temporada da ginástica de trampolim foi singular para Portugal, em especial para dois atletas. Diogo Abreu e Pedro Ferreira colecionaram medalhas internacionais. Entre...

Ginástica

Portugal terminou a participação de um único dia, esta quinta-feira, nos Campeonato da Europa de ginástica artística masculina sem conseguir avançar para qualquer final...

Ginástica

Principal ginasta portuguesa, a experiente Filipe Martins, 26 anos, chega aos Campeonatos da Europa, em Munique, com um antigo problema que a acompanha desde...

Ginástica

Por Ida Pereira* (Treinadora de ginástica rítmica) Introdução Quando fui convidada para escrever este artigo, a minha primeira reação foi negativa. Treino a longo...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.