22 de Maio 2024 00:58
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine
0

Andebol

Seleção Nacional sub-18 feminina arranca no Mundial da Macedónia do Norte

Luís Santos, treinador da Seleção Nacional sub-18 Feminina. Foto: FAP

A Seleção Nacional sub-18 feminina começa este sábado a disputa da sua principal competição na temporada. A equipa treinada por Luís Santos participa 9ª edição do U18 IHF Women’s Youth World Championship 2022, que vai decorrer até o dia 10 de agosto, em Skopje, capital e maior cidade da Macedónia do Norte.

Portugal está no Grupo C juntamente com a Dinamarca, Áustria e Ilhas Faroé – sendo esta última a equipa adversária da Seleção lusa no jogo de estreia. Na preparação, a Seleção Nacional participou de dois estágios, sendo o primeiro em Fronteira, Portalegre, e o último em Vila Nova de Gaia, após a participação da Seleção Nacional sub-18 no Paredes Cup, que se revelou fundamental, uma vez que contemplou o grupo que irá participar no Mundial na totalidade.

“Iniciamos este último estágio de preparação com uma grande ilusão, motivação e expectativa de poder competir com as melhores seleções mundiais desta geração. Mantemos a ambição e objetivo de aproximar o nosso nível de prestação coletiva e individual das melhores seleções e, com isso, demonstrar todo o potencial e trabalho que temos vindo a desenvolver com estas atletas, na certeza de que o fator mental será decisivo para isso. Sabemos que estamos num contexto espetacular para que estas atletas possam continuar a demonstrar valor e competência para integrarem, a breve trecho, a Seleção Nacional A”, afirmou Luís Santos, em declaração à Federação de Andebol de Portugal.

Recorde-se que Portugal garantiu uma vaga no Campeonato do Mundo após derrotar a Chéquia no último Europeu sub-17, prova na qual terminou na 10ª posição. O calendário será revelado pela IHF posteriormente. A convocatória da Seleção Nacional sub-18 para o Campeonato do Mundo na Macedónia do Norte pode aqui ser conferida. Para a competição, Luís Santos refere que chegar ao Main Round o objetivo.

“Entrar bem na competição é fundamental e para isso teremos que procurar aplicar o nosso modelo de jogo que é conhecido por todas as atletas, convencidos que não ficamos a dever nada a qualquer adversário no plano teórico. Passar ao Main Round é um objetivo realista e, depois disso, tudo será possível. Esta geração representa para nós uma esperança na mudança de paradigma no trabalho e investimento no andebol feminino e estamos prontos para o desafio”, disse o líder da Seleção Nacional sub-18.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Edição Atual

Artigos que poderá gostar

Andebol

O Benfica sagrou-se, este sábado, no Pavilhão Flávio Sá Leite, em Braga, tricampeão português feminino de andebol, após vencer o ABC, por 29-25, na...

Andebol

A seleção portuguesa feminina de andebol de praia terminou em quarto lugar a primeira etapa do Global Tour da modalidade, em Maricá, no Brasil....

Andebol

Portugal assegurou, este domingo, a sexta presença no Campeonato do Mundo de Andebol – terceira consecutiva -, ao empatar, a 26 golos, na Bósnia-Herzegovina....

Andebol

A seleção portuguesa de andebol recebe, esta quinta-feira, no Pavilhão Desportivo Unidade Vimaranense, em Guimarães, a Bósnia–Herzegovina, em jogo relativo à primeira mão do...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.