20 de Junho 2024 14:05
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine
0

Andebol

Seleção Nacional de Andebol vence Cabo Verde e mantém viva a esperança de chegar aos quartos de final do Mundial

Foto: FAP/Twitter

A Seleção Nacional de Andebol venceu Cabo Verde, por 23-35, neste que foi o segundo e penúltimo jogo do Main Round, do Campeonato do Mundo, disputado na Suécia e na Polónia. O próximo encontro é, precisamente, contra a anfitriã, a seleção sueca, no próximo domingo, pelas 19h30.

Com este resultado, os Heróis do Mar ficam provisoriamente no segundo lugar do grupo 2 do Main Round, com cinco pontos. De forma provisória, pois depende do resultado da Islândia, que defronta a Suécia, líder do grupo com seis pontos.

Portugal entrou no jogo com algumas mudanças, tendo em conta os sete atletas que iniciaram o jogo frente ao Brasil. Paulo Pereira, selecionador nacional, decidiu colocar em campo Miguel Espinha na baliza, como já vem a ser hábito, Diogo Branquinho na ponta esquerda, André Gomes a lateral esquerdo, Miguel Martins a central, Francisco Costa a lateral direito, Pedro Portela a ponta direita e Alexis Borges a pivô. Para a transição defesa ataque, tal como tem acontecido, Luís Frade e Alexandre Cavalcanti entram para a muralha defensiva lusa, saindo Diogo Branquinho e Francisco Costa.

O jogo começou com um ritmo bastante lento e equilibrado, com empates sucessivos por parte de ambas as seleções nacionais. Até quase aos quatro minutos de jogo, Portugal não marcou, sendo a seleção de Cabo Verde a primeira a marcar no encontro. Para demonstrar este equilíbrio na primeira metade, o encontro encontrava-se com uma igualdade a oito golos a pouco mais de 20 minutos do tempo de jogo. No final da primeira parte, o marcador assinalava o resultado 12-14, a favor da formação portuguesa.

Na segunda parte, a história alterou. Portugal ficou por cima durante toda a segunda parte, com algumas alterações na equipa inicial desta segunda metade. Leonel Fernandes – ponta esquerda -, Vitor Iturriza – pivô -, António Areia – ponta direita -, Rui Silva – central – e Manuel Gaspar – guarda-redes – entraram de início, substituindo Diogo Branquinho, Alexis Borges, Pedro Portela, Miguel Martins e Miguel Espinha, respetivamente. A Seleção Nacional entrou melhor, estabelecendo uma grande vantagem desde cedo. Com isto, e com algumas falhas no ataque cabo verdiano, os Heróis do Mar venceram por 12 golos de diferença (23-35).

O grande destaque do encontro vai para António Areia que, com uma eficácia de 90%, foi o melhor marcador do encontro, com nove golos – ou seja, falhando apenas um remate. O ponta é então, com 18 golos, o jogador mais goleador da Seleção Nacional neste Campeonato do Mundo.

 

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Edição Atual

Artigos que poderá gostar

Agenda

As seleções portuguesas feminina e masculina de andebol de praia apuraram-se, esta quarta-feira, para a fase principal do Campeonato do Mundo, a decorrer em...

Cursos e Congressos

Marco Santos, responsável do Departamento de Formação e Certificação da Federação Portuguesa de Andebol, e um dos organizadores do 21º Congresso Técnico Científico de...

Cursos e Congressos

Decorre nos dias 15 e 16 de junho, na Universidade da Maia, a 21ª edição do Congresso Técnico Científico de Andebol que, este ano,...

Andebol

O Madeira SAD conquistou, este domingo, pela 20.ª vez no seu historial, a Taça de Portugal feminina de andebol, ao vencer o tricampeão nacional...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.