20 de Maio 2022 02:27
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Andebol

Paulo Pereira: “Provavelmente, os atletas e staff dos Países Baixos dirão o mesmo…”

Paulo Pereira comemora apuramento com os jogadores. Foto: Federação de Andebol de Portugal

Poucos dias após garantir a qualificação para o Campeonato do Mundo de 2023, num emocionante jogo a reverter uma difícil desvantagem diante dos Países Baixos, o selecionador nacional Paulo Pereira escreveu um texto nas redes sociais a exaltar o triunfo dos Heróis do Mar. O treinador português destacou que “nunca devemos desarmar enquanto existem possibilidades de atingir um objetivo” e em seguida deixou uma mensagem direta para os adversários.

“Provavelmente, os atletas e staff dos Países Baixos dirão o mesmo… aprendemos que o 8 e o 80 não são amigos da performance, que somos os mesmos quando ganhamos ou perdemos, quando jogamos bem ou mal, quando rimos ou choramos, quando acertamos ou erramos”, escreveu.

Portugal havia sido derrotado na primeira mão, em Portimão, por 33-30, e precisava vencer em Eindhoven, na segunda mão do play-off, por uma diferença de quatro golos. Mas fez mais: venceu por 35-28. “Tudo depende, não do que nos acontece, mas sim do que fazemos com aquilo que nos acontece. De quatro jogos [nos play-offs], vencemos três e perdemos um. Duas vitórias contra a Suíça em casa e fora, com uma aparente menor dificuldade do que a esperada. Uma derrota em casa e uma vitória fora contra os Países Baixos”, recordou.

Sobre a derrota na primeira mão, em Portimão, Paulo Pereira admitiu que “houve alguma incerteza e frustração” após o jogo, mas que em seguida a Seleção Nacional centrou “a atenção naquilo que de nós depende. Identificar erros, encontrar soluções, alinhar comportamentos. Foi fantástico ver como conseguimos a vitória em Eindhoven”.

“Parabéns uma vez mais a todos os que contribuíram para este sucesso. Todos, são mesmo todos, sobretudo aqueles que no dia a dia dos clubes, da formação ao alto rendimento, fazem a sua parte, aqueles que se identificam connosco, que lutam e que têm sempre a esperança de conseguir. Agradeço à direção da FAP na pessoa do nosso presidente Miguel Laranjeiro, ao meu staff e especialmente aos atletas que uma vez mais mostraram que fazer o que fazemos é muito mais do que vencer um play-off. Obrigado! Voltaremos!”, concluiu o selecionador, que vive grande fase pessoal à frente da equipa nacional.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Andebol

A APD Porto conquistou, este sábado, a Taça de Portugal em andebol de Cadeira de Rodas, na categoria ACR6. A equipa da cidade invicta,...

Andebol

ATUALIZADA ÀS 14H00 A cidade de Lisboa foi anunciada esta sexta-feira como a escolhida para receber a final four da EHF European League. Recorde-se...

Andebol

O SL Benfica garantiu, esta terça-feira, a presença da final four da EHF European League pela primeira vez na sua história. As águias empataram...

Andebol

A fase final do Campeonato Nacional de Cadeira de Rodas, ACR6, disputa-se este sábado, no pavilhão do Nadadouro, nas Caldas da Rainha. A prova...

@2021 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.