30 de Setembro 2022 06:57
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Natação

O melhor momento de sempre: especialistas falam da atual natação portuguesaExclusivo 

Foto: Federação Portuguesa de Natação

A natação portuguesa tem vivido momentos de grandes vitórias, recordes e de atletas que se destacam no meio dos demais, quer a nível nacional, europeu e até mundial. Provas realizadas esta época como os Jogos do Mediterrâneo, o Campeonato da Europa de Roma e o Campeonato do Mundo de Juniores são exemplos perfeitos disso mesmo. Para analisar o momento que a natação ultrapassa em Portugal, a SportMagazine conversou com alguns especialistas da modalidade. Fábio Pereira e Luís Cameira, treinadores de natação, e Nuno Albuquerque que, para além de técnico de natação é também jornalista, comentador na RTP e editor do site swimchannel.

Fábio Pereira, treinador da atleta Catarina Monteiro, afirma que “a natação Portuguesa está numa fase muito boa, um nível provavelmente inédito, com nadadores de topo com resultados muito animadores”. Luís Cameira, treinador de José Lopes e de Tamila Holub, diz que a fase atual da natação portuguesa “se não é a melhor, está lá perto”. O técnico realça os dados estatísticos das competições que surgiram ao longo da época e os resultados alcançados pelos atletas portugueses nas mesmas.

“Lembro que nos Europeus sete nadadores foram à final e é algo único e histórico para a natação portuguesa. Batemos o recorde de número de finais. Portanto são resultados que nos trazem bastante orgulho e satisfação e prova de que a natação está a aproximar-se do topo da natação europeia. Tivemos nadadores, portanto o Gabriel Lopes e o Diogo Ribeiro, a igualarem a melhor classificação de sempre, um terceiro lugar, no europeu, tivemos duas nadadoras no quinto lugar, a Camila Rebelo e a Tamila Holub, em que também tinha sido a melhor classificação de sempre no setor feminino”, disse Luís Cameira, em conversa com a SportMagazine.

Para além disto, o técnico realça ainda os “inúmeros recordes nacionais batidos ao longo deste campeonato europeu, já com alguns nadadores a fazerem marcas abaixo dos mínimos olímpicos exigidos. E os mínimos para Paris são os de maior grau de dificuldade até hoje”.

Nuno Albuquerque entra em concordância com os outros dois treinadores acima referidos e afirma que “a natação portuguesa está a atravessar um dos seus melhores momentos de sempre de uma forma global”. No entanto, deve-se ter em atenção que “só foi o Diogo Ribeiro a este Campeonato do Mundo de portugueses, portanto isso pode dizer alguma coisa. Eu sou muito otimista mas temos de ser realistas, não há assim uma leva enorme de jovens atletas portugueses de valor. Há alguns, mas vamos ser sempre intelectualmente honestos. Estamos bem, estamos muito bem , isto vai ser muito motivador para as atuais e futuras gerações”.

Diogo Ribeiro, o futuro da natação portuguesa

Diogo Ribeiro, nadador português. Foto: SL Benfica

O momento atual da natação portuguesa é, de facto, muito bom. Dentro de todos e todas as atletas responsáveis por este mesmo sucesso, está Diogo Ribeiro. Um jovem já muito conhecido devido às suas mais recentes conquistas – três medalhas de ouro nos Mundiais de Juniores, uma medalha de bronze histórica nos Campeonatos Europeus Absolutos, quebrando o recorde nacional nos 50 metros mariposa, entre muitas outras conquistas.

Fábio Pereira afirma que os resultados nos Campeonatos Europeus foram espetaculares para todos os nadadores e destaca que “a época não podia ter terminado da melhor forma com os resultados do Diogo Ribeiro nos Mundiais de Juvenis. Um nadador que mostrou que é possível, com trabalho e dedicação de

toda a equipa em prol do mesmo objetivo, atingir este nível”. Nuno Albuquerque descreve as prestações do jovem atleta como surpreendentes. No entanto afirma que “surpreendeu e não surpreendeu”.

“Passado o Europeu de Roma, ou seja, tendo ele conquistado, ainda em júnior, uma medalha, e foi, das seis medalhas que Portugal tem em Campeonatos da Europa Absoluto, o único júnior que obteve medalha. Aliás, de todos os que participaram muitos poucos juniores foram medalhados. E o Diogo passando o Europeu de Roma, diz que quer ser Campeão do Mundo e o concretiza com três títulos mundiais, um deles com recorde do mundo. Diogo está claramente a provar ser um atleta de enorme talento, um dos mais talentosos que Portugal tem em todos os desportos”, disse.

Apesar de ter recentemente despoletado para os media e toda a comunicação, Luís Cameira diz já ter reparado no Diogo há muito tempo atrás.

“A primeira experiência que tive com o Diogo foi no campeonato de infantis que foi disputado em Braga. Eu assisti e chamou-me logo à atenção. Aliás, ele tinha um ídolo na altura na natação, o meu atleta José Paulo Lopes. Ele assistia-o bastante e conversámos bastante sobre isso. E disse-lhe na altura que quem sabe poderia ser o futuro José Paulo Lopes, porque realmente tinha umas qualidades técnicas fora do normal. Foi aprimorando essas qualidades, foi crescendo, foi evoluindo também em termos físicos e este ano – o ano passado também teve resultados de topo -, foram reunidas algumas condições que lhe faltavam”, afirmou o treinador.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Ténis

O tenista português Gastão Elias foi eliminado esta quarta-feira na segunda ronda do challenger Lisboa Belém Open. A competição decorre até domingo no Club...

Futsal

A Seleção Nacional de Futsal já tem os atletas escolhidos para a qualificação do Mundial 2024. Após vencer a Finalíssima, Portugal prepara-se para mais...

Ténis

Nuno Borges, tenista português, qualificou-se esta terça-feira para a segunda ronda do torneio de Sófia. O maiato venceu Mirza Basic, bósnio, na sua estreia...

Futebol

A Seleção Nacional de Futebol perdeu, esta terça-feira, frente à seleção espanhola, a contar para a última jornada da fase de grupos da Liga...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.