23 de Maio 2022 07:13
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Outras Modalidades

Appleton: “Este é o jogo mais importante do rugby português dos últimos 15 anos”

Tomás Appleton, capitão dos Lobos. Foto: Federação Portuguesa de Rugby

A Seleção Portuguesa de Rugby defronta a Espanha, às 11h45 do próximo domingo (Portugal Continental), em Madrid, com hipóteses reais de conseguir o apuramento para Rugby World Cup 2023. Para chegar à competição mundial, entretanto, os Lobos não dependem apenas de si: precisam vencer os espanhóis e esperar que nem a Roménia, no sábado, nem a própria Espanha, em 20 de março, derrotem a líder e já qualificada Geórgia.

“Este é o jogo mais importante do rugby português dos últimos 15 anos. Não há outra maneira de o ver. Trabalhamos muito ao longo dos últimos anos para chegar tão perto de estar novamente no mundial e esse tem sido o nosso foco todos os dias”, destacou o capitão da equipa, Tomás Appleton.

O Rugby Europe Championship 2022 ganhou um novo factor após a suspensão da Rússia e da Bielorrússia esta semana de todas as competições internacionais de rugby em razão da invasão ao território ucraniano. Como consequência, a Rugby Europe tomou nota das decisões tomadas pelo Rugby World Cup Board e aplicou o mesmo sistema de pontos para o Rugby Europe Championship 2022.

Foto: Federação Portuguesa de Rugby

O organismo mundial decidiu manter todos os resultados da Rússia nos sete jogos anteriormente disputados. A punição vem relativamente aos três últimos jogos que restam. Com falta de comparência dos russos, os adversários, recebem quatro pontos devido a ausência dos “ursos”  – e não cinco pontos, correspondentes a uma vitória com ponto de bónus ofensivo.

Isto significa que Geórgia, Países Baixos e Portugal receberão os pontos referentes a uma vitória simples dos seus jogos contra a Rússia. Como resultado desta decisão, a Geórgia assegura desde já a classificação para a Rugby World Cup 2023 e Portugal, Roménia e Espanha continuam a disputar o segundo lugar que dará acesso também à classificação direta para o Campeonato do Mundo França 2023.

“Sempre soubemos que esse jogo com a Espanha seria decisivo para nós, independentemente de precisar das duas vitórias da Geórgia. Não nos sentimos pressionados para vencer, mas ao mesmo tempo significaria tudo para nós. Temos algumas lesões, temos algumas dificuldades, foi como na Romênia, mas acredito na minha equipa”, afirmou o selecionador nacional Patrice Lagisquet.

“Este fim de semana não podemos pensar em mais nada a não ser ganhar. O grupo está muito confiante e sabemos a importância deste jogo nas nossas carreiras”, acrescentou Appleton.

Caso não consiga avançar como segundo classificado, Portugal ainda pode pensar em avançar como o terceiro lugar do grupo, que dará acesso a uma última fase de repescagem, a disputar em novembro de 2022, juntamente com representantes de África, Ásia e América, que possibilitará ainda a presença do vencedor no próximo Campeonato do Mundo de Rugby. A tabela completa com os jogos e a classificação pode aqui ser conferida.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Cursos e Congressos

A Confederação de Treinadores de Portugal conta com mais um Congresso Treinadores de Língua Portuguesa, nos dias 25 e 26 de junho, a ser...

Atletismo

A atleta Marta Pen terminou, esta sexta-feira, a final dos 1500 metros do meeting de Walnut, na Califórnia, em nono lugar. A portuguesa terminou...

Ténis

Nuno Borges, tenista português, venceu o húngaro Zsombor Piros, esta quinta-feira. O atleta garantiu assim o acesso ao quadro principal de Roland-Garros. No encontro...

Outras Modalidades

A Seleção Nacional de squash feminino garantiu a subida à segunda divisão do Europeu durante o mês passado, após vencer a Eslovénia nas meias-finais,...

@2021 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.