5 de Fevereiro 2023 04:14
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Atletismo

Luís Herédio avalia estágio no Algarve e detalha objetivos de Liliana Cá e Jessica Inchude para 2023: “Expectativas sempre altas…”

Liliana Cá recebe orientações do treinador, Luís Herédio. Foto: Federação Portuguesa de Atletismo

A equipa nacional termina esta sexta-feira o primeiro estágio de 2023 voltado para setor de lançamentos. Entre os atletas reunidos em Vila Real de Santo António, no Algarve, desde o último dia 3, estão a principal lançadora do disco nacional, Liliana Cá (finalista olímpica em Tóquio 2020 – quinta classificada), e a promissora lançadora do peso Jessica Inchude, presente no último Europeu após bater o recorde pessoal (18,21m). As duas atletas do Sporting são treinadas por Luís Herédio, que conversou com a SportMagazine sobre este início de ciclo e os planos para o ano.

SportMagazine (SM) – Como está a decorrer o estágio e como este tipo de atividade, com formações e treinos, colaboram para o desenvolvimento dos atletas envolvidos, mas também dos treinadores, que podem compartilhar conhecimentos?

Luís Herédio (LH) – Estão envolvidos oito atletas. Tem havido bastantes trocas de informação entre treinadores e até mesmo debates e interajuda. Os atletas e treinadores estão, acima de tudo, a aproveitar as excelentes condições climáticas que aqui encontram para treinar. Vila Real de Santo António vai começar a investir muito neste espaço para que futuramente possamos treinar ainda com mais qualidade.

SM – A Liliana Cá é uma das mais fortes lançadoras do país e entra para mais um ano pré-olímpico cercada por muita expectativa. Para além da qualificação para Paris, quais os principais objetivos da atleta neste ano?

LH – A Liliana, sente-se muito bem fisicamente e acima de tudo parece que o problema da lesão no joelho, está praticamente ultrapassada, os treinos indicam que o disco vai voar para muito longe. Expectativas sempre altas e como sempre digo, queremos uma medalha.

SM – Quando fala em medalha, refere-se a Paris 2024?

LH – Na verdade, o nosso desejo é trazer uma medalha internacional. O ideal seria nos Jogos Olímpicos, mas se for num Europeu ou Mundial [no ano passado, Liliana alcançou o 6.º lugar], ficamos satisfeitos. Mas sim, trabalhar durante este ano e meio, com o intuito de trazer uma medalha nos Jogos Olímpicos. Temos que aproveitar o apoio da preparação olímpica, que a Federação Portuguesa de atletismo e o Comité Olímpico [de Portugal] nos dão.

SM – Sobre a Jéssica Inchude, em boa evolução, acredita que pode alcançar os mínimos para Paris 2024? E, de forma, geral, quais os principais objetivos para ela este ano?

LH – A Jessica recebeu hoje a notícia que já está qualificada para os campeonatos da Europa de pista coberta, está super bem e os níveis de força já estão acima dos da época passada, agora temos que transformar isso em potência e afinar a técnica para ela ficar entre as oito no Campeonatos do Mundo. Para Paris faltam 13 cm, não é impossível, ela quer fazer os mínimos diretos e eu vou dar também o meu melhor.

SM – Relativamente ao trabalho que está a desenvolver como coordenador de atletismo no Sporting, pontuaria algum atleta a ser observado mais de perto neste ano?

LH – No Sporting comecei a treinar esta época um lançador de disco, que me está a dar muito prazer em ajudar, chama-se Edujose Lima [também presente no estágio no Algarve], mas ainda é muito cedo para falar. No entanto, é de uma dedicação fabulosa e concentração acima da média. Se eu conseguir corrigir alguns pormenores técnicos, pode fazer coisas muito giras. Vamos aguardar.

Jessica Inchude, lançadora portuguesa. Foto: FPA

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Atletismo

A lançadora do peso portuguesa Jéssica Inchude alcançou este fim de semana um novo recorde pessoal em pista coberta. A atleta do Sporting superou...

Atletismo

Campeã mundial em pista coberta com a melhor marca do ano (20,43 metros), Auriol Dongmo alcançou um honroso quinto lugar no Mundial de Oregon,...

Atletismo

Recordista nacional no lançamento do disco (66,40 metros), Liliana Cá é uma das principais lançadoras de sempre no desporto português. Finalista olímpica em Tóquio...

Atletismo

Liliana Cá foi sexta classificada no lançamento do disco nos Mundiais de Atletismo, que decorrem em Eugene, nos Estados Unidos. Com este resultado, a...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.