5 de Fevereiro 2023 04:52
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Futsal

Luís Conceição e o vice-campeonato da Europa: “O desporto é mesmo assim: é cair, levantar e continuar a caminhar”

Foto: FPF

Portugal esteve muito perto de conquistar o Campeonato da Europa pela primeira vez. Entretanto, após sair à frente do marcador, a equipa feminina cedeu espaço à reação da Espanha e acabou derrotada este domingo por 4-1 no desempate por penáltis, após um empate a 3-3 no tempo regulamentar e no prolongamento.

A jogar diante de três mil adeptos no Pavilhão Multiusos de Gondomar, Portugal ganhou vantagem significativa no marcador, por Ana Azevedo (12’) e Pisko (19’). A Espanha reduziu com um belo golo de Ale de Paz (19′) e conseguiu o empate novamente por Ale de Paz (35′), levando a partida para prolongamento.

No tempo-extra, a Espanha adiantou-se pela primeira vez no marcador, aos 44’, por Maria Sanz. Pisko (49’) empatou e levou à decisão para as grande penalidades. Marcou para Portugal Carla Vanessa, mas falharam Ana Azevedo e Ana Pires. As espanholas foram perfeitas com Peque, Romero, Maite e Córdoba, assim a garantir o bicampeonato da competição (4-1).

“Fomos superiores e chegámos ao 2-0, mas a Espanha fez o 2-1 mesmo a terminar a primeira parte. Antes disso, tivemos mais três ou quatro bolas que podíamos ter convertido. Na segunda parte, já sabíamos que a Espanha iria entrar muito forte e nos ia pressionar e condicionar, sobretudo nos primeiros minutos. O adversário acaba por passar para a frente do marcador naqueles momentos em que não conseguíamos ter tanta bola. Depois, ainda conseguimos ir buscar o empate a jogar com ‘cinco para quatro’. Queria valorizar o espetáculo que sucedeu hoje em Gondomar”, analisou o selecionador português Luís Conceição.

Apesar do insucesso, Portugal teve destaque ainda com a capitã Ana Azevedo, que foi distinguida pela UEFA como a melhor jogadora deste Campeonato da Europa, sendo esta uma das mais aplaudidas pelo Pavilhão com lotação máxima.

“Acima de tudo, hoje temos de valorizar duas ou três coisas. Uma delas é a imagem que deixámos do futsal feminino português. Claro que queremos ganhar, mas deixámos uma imagem tão positiva sobre a enorme qualidade das nossas jogadoras. Hoje deixámos a modalidade muito valorizada. Quem assistiu ao jogo no pavilhão e em casa vai sentir-se orgulhoso daquilo que conseguimos fazer. Demos um exemplo fantástico de qualidade, ‘fair play’ e entrega. Tomara que houvesse mais jogos destes para competir a este nível”, observou Luís Conceição.

“Naturalmente, não estamos satisfeitas por ter perdido. O grande objetivo era vencer, mas deixámos uma imagem que me deixou orgulhoso, tendo em conta aquilo que as atletas fizeram. A ‘lotaria’ dos penáltis só dá para um lado ou para o outro. Deu para a Espanha. Temos de nos levantar já. Felizmente, este campeonato da Europa era de 2021. Em outubro já vamos estar a disputar o apuramento para a próxima edição, que se realizará em março [de 2023]. Esse aspeto favorece-nos um bocadinho, pois não dá muito tempo para desligar. É focar nisso. O desporto é mesmo assim: é cair, levantar e continuar a caminhar. O caminho é longo, tem tudo para ser positivo e um dia cairá para este lado”, destacou Luís Conceição.

Foto: UEFA

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Futsal

Portugal terá pela frente a Espanha, na meia-final do Campeonato da Europa Feminino de Futsal. O duelo foi definido num sorteio realizado esta segunda-feira,...

Futsal

As duas derrotas nos jogos de preparação com a Espanha para o Campeonato da Europa 2023 deixaram pontos positivos para o selecionador nacional Luís...

Futsal

A Seleção Nacional de futsal feminino perdeu, na noite desta terça-feira, o primeiro de dois duelos com a seleção espanhola. Num jogo de preparação...

Futsal

A Seleção Nacional de Futsal Feminino vai começar com 2023 com dois encontros diante de Espanha. Os jogos vão decorrer entre os dias 10...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.