5 de Outubro 2022 00:45
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Vela

José Mendes e o futuro: “Objetivos mais a longo prazo é ir aos Jogos Olímpicos 2028”Exclusivo 

José Mendes sagrou-se Vice-Campeão Mundial e ficou apenas a 1 ponto do 1º lugar. Foto: Federação Portuguesa de Vela

José Mendes, um jovem velejador português, foi vice-campeão do mundo sub-21 de ILCA7, no passado domingo. O atleta ficou a um ponto do vencedor, o alemão Ole Schweckendiek. O português conversou com a SportMagazine sobre a sua conquista mais recente, a modalidade de vela e os seus objetivos futuros.

José Mendes afirmou estar bastante feliz com o resultado que obteve em Vilamoura, no Campeonato do Mundo, afirmando ainda que não estava à espera, pois o objetivo era o top 10.

“Inicialmente o meu objetivo para este campeonato era o top 10. Por isso, quando soube que tinha ficado em segundo lugar neste campeonato, tinha sido vice-campeão do mundo, foi mesmo um sentimento muito bom para mim, foi basicamente uma recompensa de todo o treino feito até ao dia de hoje. E ter aqui família e amigos que até vieram de Lisboa para me ver aqui em baixo, foi mesmo um sentimento muito bom”, afirmou José.

Para chegar a este resultado, o jovem velejador teve que se preparar. Preparação esta que, segundo José, dura desde janeiro, mês em que fez a transição da classe ILCA6 – da qual conquistou o terceiro lugar no campeonato do mundo – para a ILCA7, tendo não só de se preparar como também uma fase inicial de adaptação para conseguir competir da melhor forma.

“A preparação para este campeonato começou em janeiro (…) Depois em fevereiro vim fazer um estágio de treino aqui em Vilamoura, com a equipa sénior de Portugal, e fiz um campeonato também. E depois de Vilamoura fiz outro campeonato em Espanha, o Campeonato Nacional de Espanha. Também me serviu como treino para este campeonato que tive agora, e depois também fui à Alemanha, a Kiel, fazer outro campeonato de treino, e pronto, basicamente estes campeonatos de treino que eu fiz serviram como ferramenta para usar agora no campeonato mundial de sub-21”, disse.

O atleta descreveu ainda a sua rotina de treinos, afirmando que a vela “é um bocado dependente das condições meteorológicas, ou seja, se não houver vento nenhum, não é possível andar à vela. Por isso, em semanas de vento eu costumo treinar os sete dias da semana”, confirmou. Para além de treinos no mar, José Mendes complementa os treinos com sessões de ginásio e de ciclismo. Este último “mais ou menos uma vez ou duas vezes por semana”.

De recordar que, para além do vice-campeonato do mundo de ILCA7, no campeonato do mundo de ILCA 6, onde foi terceiro lugar, José Mendes foi o primeiro português do século a conseguir uma medalha no Campeonato do Mundo da Juventude na classe Laser.

Vela e a sua visibilidade

José Mendes falou ainda sobre a visibilidade da vela a nível nacional. Este afirma que não sente muita adesão por parte da população. No entanto, afirma que a Federação Portuguesa de Vela tem feito um esforço para contrariar a situação.

“A verdade é que esta modalidade não tem muita visibilidade. Somos poucos praticantes em Portugal, mas a Federação [Portuguesa de Vela] tem feito algum esforço para que esta modalidade possa ser mais praticada e mais praticantes a começar, nas escolas de vela e eu penso que esta conquista pode ter ajudado para que a vela possa ter mais visibilidade, porque acabo por aparecer em alguns jornais e entrevistas e até, se calhar, na televisão”, afirmou o velejador português, em declarações à SportMagazine.

O jovem atleta apresenta ainda uma possível solução para que a modalidade chame mais pessoas à sua prática. Essa solução passa pela diminuição dos custos da mesma, pois é difícil competir com pouco capital.

“Penso que uma solução para que a modalidade da vela seja mais vista e valorizada é tentar diminuir os custos para competir a alta competição, porque atualmente competir em classes olímpicas, é preciso um grande esforço financeiro. É preciso comprar barco, material, mais as viagens para os campeonatos, fica tudo a um custo muito caro. Eu felizmente agora já comecei a ter alguns apoios da Federação, que me ajudaram bastante nisso, mas penso que para quem está a iniciar a competição é sempre muito difícil e enquanto não for mais facilitado, é um bocado difícil haver mais praticantes e ser mais valorizada”, afirmou.

José Mendes e os objetivos futuros

O jovem velejador português tem a ambição de, no próximo ano “conseguir conseguir o primeiro lugar no Europeu ou no Mundial de Sub-21”, disse. “Para mim, seria uma enorme conquista na minha carreira de vela, uma vez que já fiquei por duas vezes seguidas em campeonatos mundiais a um ponto da vitória, seria muito bom conseguir atingir o primeiro lugar”, acrescentou José Mendes.

Contudo, José Mendes pensa mais além e tem objetivos a cumprir a longo prazo e até fora da modalidade de vela.

“Objetivos mais a longo prazo é ir aos Jogos Olímpicos 2028. Penso que aos de ’24 ainda é muito cedo, porque ainda não competi realmente com os seniores, fiquei mais pelos sub-21 e juniores e pronto, os Jogos Olímpicos de 2028 são o meu verdadeiro objetivo. A nível mais pessoal, tenho como objetivo acabar a licenciatura em informática e gestão de empresas, que eu tenho estudado e competido ao mesmo tempo. Tem sido um bocado difícil de gerir os dois, às vezes deixo a faculdade um bocado para trás, mas tenho sempre feito um enorme esforço para que seja possível fazer os dois ao mesmo tempo”, afirmou.

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Ténis de Mesa

A Seleção Nacional de ténis de mesa perdeu esta terça-feira frente à Dinamarca na última jornada do grupo 6 do Campeonato do Mundo. No...

Futsal

A Seleção Nacional de Futsal  cumpriu esta segunda-feira uma dupla sessão de treinos que arrancam a preparação para a qualificação do Mundial 2o24. Os...

Futebol

As jogadoras da Seleção Nacional Feminina, que estão a treinar na Cidade do Futebol, marcaram a sua posição face ao assédio no futebol feminino...

Ténis

O tenista português Gastão Elias foi eliminado esta quarta-feira na segunda ronda do challenger Lisboa Belém Open. A competição decorre até domingo no Club...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.