16 de Maio 2022 13:50
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Andebol

José António Silva e o Euro 2022: “O grupo sempre acreditou que era possível”

José António Silva, selecionador nacional de andebol feminino. Foto: FPA

A Seleção Nacional de Andebol feminino conquistou este domingo a segunda vitória consecutiva diante da congénere da Eslováquia (23-21), em jogo a contar para a quarta jornada do Grupo 5 da Qualificação para o Campeonato da Europa 2022. Com a vitória, Portugal mantém viva para as duas últimas jornadas as chances de apuramento para a competição continental.

Desta vez a jogar em casa do adversário, no Športová Hala, na cidade de Topolčany, a equipa portuguesa encontrou as adversárias mais impositivas e a dificultar o jogo. Ao intervalo, Portugal perdia por 14-12. Mas contou com a inspiração de Maria Pereira, com 6 golos em 9 remates – a levar o título de melhor marcadora – e Isabel Góis, distinguida como MVP da partida ao fazer 8 defesas em 15 remates – 53% de eficácia.

“Há jogos em que, mesmo nós cumprindo aquilo que está definido, as coisas resolvem-se na raça, na luta e na vontade e hoje foi um caso desses. Nós tivemos claramente oportunidades para construir, em determinado momento, um resultado um pouco mais tranquilo, mas o jogo esteve sempre em aberto. A outra equipa nunca deixou de lutar e nós tivemos que lutar, pelo menos, tanto como elas. Esse foi um aspeto decisivo, a capacidade de luta e de sofrimento e, ao mesmo tempo, manter a organização que tínhamos definido”, avaliou José António Silva, selecionador nacional, em declaração aos canais oficial da Federação Portuguesa de Andebol.

Portugal agora soma quatro pontos dois a menos que a líder Hungria, que no sábado bateu a Espanha (por 30-27), e igualou os seis pontos das espanholas.

“Estamos provavelmente num patamar acima daquilo que era expectável. O grupo sempre acreditou que era possível, mas quero acreditar que a grande maioria das pessoas pensaria que nós não conseguiríamos chegar às duas últimas jornadas em condições de discutir o apuramento com um grupo complicadíssimo como é este.”

As comandadas de José António Silva terão que vencer na deslocação a Espanha, no próximo dia 21 de abril, e na receção à Hungria, dia 24, para aspirarem a presença no EHF Euro 2022.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderás gostar

Atletismo

Portugal encerrou este domingo a sua participação nos Jogos Surdolímpicos, que decorreram em Caxias do Sul, no Brasil, entre os dias 1 e 15...

Andebol

A APD Porto conquistou, este sábado, a Taça de Portugal em andebol de Cadeira de Rodas, na categoria ACR6. A equipa da cidade invicta,...

Ciclismo

Portugal contou, este domingo, com as participações de Telmo Pinão – C2 – e de Bernardo Vieira – C1 -, em corridas de 44,4...

Futsal

Dois títulos europeus (2018 e 2022) e um mundial (2021) alcançados com uma diferença temporal tão curta elevariam qualquer equipa ou seleção a um...

@2021 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.