16 de Abril 2024 00:57
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine
0

Ténis

João Sousa prepara “ponto final” na carreira e Estoril Open é o cenário ideal para o fecho

Foto: FPT

O tenista João Sousa, natural de Guimarães mas com raízes em Celorico de Basto, que completa 35 anos de vida no próximo dia 30 de março, anunciou, esta terça-feira, a retirada do ténis profissional, que vai acontecer no Estoril Open, prova que conquistou em 2018 e é «muito especial» para o minhoto.

“O Estoril Open vai ser o derradeiro desafio da minha carreira, este torneio que conquistei em 2018 é muito especial para mim e é o cenário ideal para me despedir do ténis. Pretendo-o fazer com a minha família, amigos, patrocinadores, com o meu público que sempre esteve comigo e todas aquelas pessoas que partilharam momentos de triunfos, mas também de desaire”, vincou, numa conferência de Imprensa que teve lugar no Jamor.

“Sei que para muitos esta decisão não é surpreendente, mas, depois de toda uma vida dedicada à minha paixão que é o ténis, esta decisão vem com emoções muito fortes. Sinto um orgulho enorme no que alcancei e no legado que deixo. Durante este percurso, tive oportunidade, o privilégio e a honra de representar Portugal nos torneios mais prestigiados, no circuito ATP, no Grand Slam e na Taça Davis. Sinto um enorme e profundo orgulho por aquilo que atingi e gostaria de acreditar que contribui para o desenvolvimento do ténis no nosso país”, confessou o vimaranense, de 34 anos, que alcançou, em 2016, alcançou o 28.º lugar no ranking ATP, uma posição que nenhum português atingira e que, até agora, nenhum luso alcançou (Nuno Borges, que está no 56.º lugar, é apontado como o provável “sucessor” de João Sousa).

Foto: FPT

As sucessivas lesões “aceleraram” o final da carreira de 17 anos do tenista minhoto, que guarda “memórias inesquecíveis, experiências inigualáveis e memorias marcantes no ténis e no coração.

“Infelizmente, os últimos tempos têm sido difíceis, com uma série de lesões que me têm impedido de jogar ao mais alto nível e desfrutar dentro do ‘court’. Tenho lutado contra isso, mas o meu corpo e mente têm demonstrado sinais extremos de cansaço e de dores diárias, pelo que, após um período de muita reflexão e de consideração, queria comunicar que decidi retirar-me do ténis profissional e que o Millennium Estoril Open será o último torneio da minha carreira”, finalizou o atleta olímpico, que marcou presença nos Jogos Olímpicos do Rio-2016 e Tóquio-2020.

Na  conferência de Imprensa esteve, entre outras figuras, o presidente da Federação Portuguesa de Ténis,  Vasco Costa, que ganhou um aliado… fora dos courts.

“O meu compromisso com o ténis e com o desenvolvimento desportivo em Portugal permanece inabalável. Mantenho o desejo de tentar fazer crescer o desporto em Portugal. Os próximos tempos serão passados e dedicados a pensar no futuro e a escolher os meus próximos desafios, aos quais vou dar todo o entusiasmo, resiliência e espírito de conquista em toda a minha carreira”, finalizou  João Sousa.

 

Currículo

O melhor jogador português de todos os tempos tornou-se profissional em 2007 e, ao longo de 17 temporadas no circuito mundial de ténis, conquistou quatro títulos ATP 250 (Kuala Lumpur-2013, Valência-2015, Estoril Open-2018 e Pune-2022).

Foto: FPT

Elogios ao treinador e família

João Sousa deixou uma palavra especial ao seu treinador Frederico Marques, com quem começou a trabalhar, com apenas 15 anos, em Barcelona, na BTT Ténis Academy.

“Foram [família] a base do meu sucesso e estou-lhe eternamente grato por isso. Queria deixar uma palavra especial e a minha gratidão para com o meu treinador Frederico Marques, que esteve sempre ao meu lado em todos os momentos. A sua sabedoria, motivação, ambição, dedicação e orientação foram fundamentais e desempenharam um papel super importante para me mudar como jogador e como pessoa”, destacou.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Edição Atual

Artigos que poderá gostar

Ténis

O tenista português Nuno Borges subiu quatro lugares no ranking mundial, ocupando o 58.º lugar, após ter chegado aos quartos-de-final do Estoril Open, prova...

Ténis

O polaco Hubert Hurkacz, 10.º jogador mundial, conquistou, no domingo passado, o primeiro título da carreira em terra batida – oitavo título ATP -,...

Ténis

O Complexo do Jamor “volta a receber a Billie Jean King Cup by Gainbridge, entre os dias 8 e 13 de abril, com a...

Ténis

João Sousa despediu-se do ténis profissional, na passada quarta-feira, com uma derrota na primeira ronda de pares do Estoril Open, ao lado do brasileiro...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.