30 de Setembro 2022 08:16
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Futebol

João Henriques revela propostas de clubes no Brasil e explica recusas: “Estou à espera de um projeto bom para mim”Exclusivo 

João Henriques, treinador português. Foto: Moreirense Futebol Clube

No hall de treinadores promissores portugueses da atual geração, João Henriques está à espera do clube ideal para o próximo passo na carreira. Há pouco mais de seis meses sem clube desde a saída do Moreirense, o profissional de 49 anos revelou à SportMagazine já ter recusado cinco propostas neste período. Algumas delas, para treinar no Brasil – incluindo a Série A do Campeonato Brasileiro.

João Henriques, entretanto, ainda não sentiu que as possibilidades eram as ideais para seguir em ascensão na carreira. O comandante natural de Tomar, com alguma frequência sendo alvo de rumores sobre uma possível ida para treinar equipas do Brasil, confirmou ter tido proposta oficial, por exemplo, do Cuiabá – equipa da Série A do Brasil, atualmente treinada pelo também português António Oliveira, ex-Athletico Paranaense e Benfica B.

“Felizmente, desde que saí em dezembro até agora, já recusei, posso dizer, cinco clubes mesmo com propostas formais, mais algumas abordagens a juntar. Surgiu proposta formal do Cuiabá, foi esta que eu recusei. E tive depois abordagens por parte do Vasco da Gama [na Série B do Campeonato Brasileiro] também e para o Internacional [Série A]. Houve essas possibilidades. Estou à espera de um projeto bom para mim. O próximo passo da minha carreira é muito importante porque quero continuar a dar passos em frente e tem que ser com muito cuidado o próximo passo. Tem que se enquadrar naquilo que é a minha maneira de estar, a minha filosofia e maneira de ver o jogo para ter sucesso”, disse João Henriques.

O treinador, também com passagens por equipas como Paços Ferreira, V. Guimarães e Santa Clara, esteve no último fim de semana no Congresso de Treinadores de Língua Portuguesa, onde foi um dos preletores. Na ocasião, diante da plateia, chegou a mencionar as possibilidades para treinar novos clubes, mas não aceita abrir mão de alguns valores que carrega consigo.

“Quero agora um clube que acompanhe a minha ambição. Eu sou um treinador que gosta de olhar para cima. e quando me abordam ‘vamos lutar para não descer de divisão’ já começou mal, já está errado. Eu gosto de olhar para cima. Quando cheguei ao Santa Clara, eu não quis prémio de jogo abaixo do 10.º lugar. Olho para a primeira metade da tabela, do 9.º para baixo já não faz sentido para mim. E olho as coisas dessa forma e quando me abordam para não ser despromovido, esse tipo de situações não consigo. Quero coisas mais ambiciosas. Cheguei a um patamar do Vitória SC, em Guimarães, e olho mais para cima. Evidentemente, em Portugal, mas se não aparecer essa situação, como não apareceu nesta altura, estou a olhar para fora, para o estrangeiro a procura da melhor situação”, explicou.

Sobre a possibilidade de treinar equipa do futebol brasileiro, a exemplo do que faz atualmente Abel Ferreira (Palmeiras), Vitor Pereira (Corinthians) e o já citado António Oliveira, João Henrique não fecha as portas. Pelo contrário.

“O Brasil não está descartado de todo. É um campeonato que me entusiasma bastante até porque sinto que nós podemos levar algumas coisas e trazer muitas coisas boas de uma aventura no Campeonato Brasileiro, seja na Série A ou aquelas situações de subida, como o Vasco na Série B. Mas, sobretudo, as oportunidades na Série A me entusiasmam bastante”, declarou.

João Henriques esteve no Congresso de Treinadores de Língua Portuguesa no último fim de semana. Foto: Daniel Leal/SM

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Futebol

Duas situações exemplares de fair play foram honradas com o Cartão Branco este fim de semana no futebol português. Recurso pedagógico pioneiro é em...

Cursos e Congressos

O quarto dia da Sport Integrity Week, evento organizado pela Sport Integrity Global Alliance (SIGA), reservou a assinatura, esta quinta-feira, em Carcavelos, de um...

Futebol

Foi lançada esta quinta-feira a campanha intitulada “Mais Futebol, Menos Ódio!”. A ação conjunta é proveniente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, a Associação...

Futebol

Próximo de completar cinco meses à frente da equipa brasileira do Botafogo, o treinador português Luís Castro vive um dos maiores desafios da carreira....

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.