16 de Maio 2022 07:27
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Adaptado

Ivo Quendera e a expectativa para a época de Norberto Mourão: “Presença nas finais…”Exclusivo 

Norberto Mourão ao lado de Ivo Quendera. Foto: Norberto Mourão/Instagran

Portugal acostou-me a ver uma medalha ao peito de Norberto Mourão. Maior paracanoísta de sempre do país, o atleta paralímpico de 41 anos, com uma rotina de treinos intensa, agora prepara-se para mais um ano de muitos desafios na carreira. Pela frente este ano estão três competições importantes. Primeiro, a Taça do Mundo na Polónia, em maio, e adiante as principais provas do ano: o Campeonato do Mundo e Campeonato Europeu. Disputas que Ivo Quendera, treinador de Norberto, evita prometer medalhas, mas garante: as cores de Portugal serão dignificadas pelo transmontano.

“Desde 2019 que o Norberto é protagonista. Desde precisamente o Campeonato da Europa que se realizou na Polónia, onde o Norberto alcançou o terceiro lugar, o bronze, e no ano passado em 2021 conseguiu a proeza de se sagrar campeão europeu na mesma pista. Efetivamente é um local mágico, que a canoagem portuguesa, nomeadamente a paracanoagem, conseguiu a primeira medalha a nível competitivo. O Norberto desde 2019 tem sido assíduo em finais e resultados de relevância”, destacou Ivo.

Norberto Mourão viveu em 2021 o auge da carreira. Conquistou uma prata na Taça do Mundo, ouro no Campeonato da Europa, bronze nos Jogos Paralímpicos de Tóquio 2020 e bronze no Campeonato do Mundo. Difícil não esperar resultados semelhantes na temporada atual. Com uma rotina de treino intensa, com cerca de 60 quilómetros diários percorridos dentro da água, mais os trabalhos físicos fora da canoa, o paracanoísta de Vila Real é um forte candidato a chegar ao pódio novamente em 2022.

“Só na Taça do Mundo em 2019, ele não tirou nenhuma medalha, ficou em quarto. De resto, em todas as provas, ele tem sido medalhista. Portanto, a única coisa que posso dizer é que ele vai lutar por dignificar as cores nacionais, vai dar o seu melhor e vai marcar presença na final. Esse é o seu primeiro grande objetivo: estar presente nas finais, seja na Taça do Mundo, no Campeonato do Mundo ou no Europeu. Prometer ou falar em medalhas não vou fazer porque a única vez que falei numa possibilidade de medalha foi nessa prova, nessa Taça do Mundo em 2019 logo a seguir ao Campeonato da Europa e ele ficou em quarto. Portanto, não gosto de falar em medalha. Mas espero que elas apareçam”, explicou Ivo Quendera.

Especialista na prova 200 metros VL2, Norberto Mourão terá pela frente adversários mais jovens. Apesar de o próprio atleta fazer planos para chegar forte em nos Jogos Olímpicos em Paris 2024, Quendera observa que a idade de Mourão, aliado a rivais com melhores condições de investimento, são fatores a ser levados em consideração.

“Queria ressalvar que o Norberto já passou dos 40 anos, já está numa idade pesada e tem a sua volta adversários mais novos, de países que têm muito mais apoio, mais condições do que nós em Portugal e que efetivamente toda a gente quer chegar às medalhas. Apesar do Norberto dar tudo por tudo e ser aquele atleta de referência que dá mesmo tudo por tudo, não arranja desculpas dentro da água, os outros também querem esses resultados, as medalhas, e lutar para chegar ao topo. Portanto, não vamos fazer prognósticos. Vamos aguardar sabendo de ante mão que o Norberto irá dar o seu melhor e dignificar as cores nacionais”, pontuou.

Ivo e Norberto têm rotina intensa de treinos. Foto: Quendera/Instagram

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderás gostar

Adaptado

Lenda portuguesa da paracanoagem, Norberto Mourão, transmontano natural de Quintelas, na freguesia de Mondrões, Vila Real, aproxima-se do primeiro desafio da temporada: a Taça...

Adaptado

Portugal conquistou esta quarta-feira a segunda medalha Jogos Surdolímpicos disputados em Caxias do Sul, no Brasil. Após a conquista da medalha de ouro de...

Adaptado

A judoca portuguesa Joana Santos (-57 kg) conquistou esta terça-feira a medalha de ouro nos Jogos Surdolímpicos, que se realizam em Caxias do Sul, no Brasil....

Adaptado

Uma iniciativa da Conferência de Ministros da Juventude e Desporto da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP) vai apresenta em Lisboa os manuais...

@2021 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.