16 de Agosto 2022 14:00
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Futebol

Francisco Neto: “Mesmo as coisas que não correram tão bem, elas sabem porquê e onde têm de corrigir”

Francisco Neto, selecionador nacional de futebol. Foto: Federação Portuguesa de Futebol

A Seleção Nacional de Futebol Feminino empatou, esta terça-feira, com a Austrália (1-1), num jogo de preparação para o Europeu 2022. O encontro decorreu no Estádio António Coimbra da Mota, no Estoril. Portugal esteve a perder, contra todas as probabilidades, com um golo da Austrália aos 73 minutos. No entanto, Telma Encarnação empatou a partida aos 87 minutos. O jogo fica ainda marcado pela lesão preocupante de Jéssica Silva.

Francisco Neto, selecionador nacional, destaca a boa exibição da sua equipa e afirma que esta, acima de tudo, desfrutou do jogo.

“Não estivemos muito tempo em organização defensiva porque fomos muito competentes no momento da perda. Conseguimos retirar espaços e ganhámos bola, foi algo que queríamos ver na equipa e que queríamos trabalhar (…) As próprias jogadoras disseram que desfrutaram do jogo dentro de campo. Tivemos a equipa tranquila, a saber o que fazer, com muita alegria e, mesmo as coisas que não correram tão bem, elas sabem porquê e onde têm de corrigir”, disse.

O selecionador nacional afirma ainda que este jogo serviu para dar um maior ritmo competitivo a várias jogadoras, dando mais tempo de jogo a algumas delas. Segundo o próprio, o momento mais competitivo da preparação já passou, agora vem aí o momento mais estratégico.

“Foi bom para dar minutos a muita gente. Ainda hoje conseguimos e demos, em função do que foi o jogo, minutos e ritmo competitivo. Ainda teremos mais alguns dias para continuar o nosso crescimento. Concluímos este segundo momento de preparação. O primeiro foi mais connosco, o segundo foi mais competitivo e o terceiro será o lado mais estratégico da preparação”, reforçou.

Apesar do Europeu “estar mais próximo do que quer”, Francisco Neto diz ainda haver tempo para que a equipa cresça e melhore de dia para dia. Após algum descanso por parte das atletas, o selecionador nacional irá virar a sua atenção para os adversários do Campeonato da Europa. Destaca ainda o empenho do plantel e a intensidade de todas as jogadoras.

“Nestes dias, fui eu que lhes dei os minutos. No Europeu, vão ter de ser elas a ganhá-los. Com o que têm feito até agora, a possibilidade de haver muitas jogadoras com minutos é grande, porque o empenho e intensidade têm sido grandes. Há jogadoras que não jogaram hoje e não é por isso que não vão jogar daqui para a frente”, afirmou.

Recorde-se que, no jogo anterior, a Seleção Nacional venceu a Grécia, por 4-0. A equipa nacional prepara-se para o Euro 2022 a ser disputado em Inglaterra, entre 6 e 31 de julho.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Futebol

Foi lançada esta quinta-feira a campanha intitulada “Mais Futebol, Menos Ódio!”. A ação conjunta é proveniente da Liga Portuguesa de Futebol Profissional, a Associação...

Futebol

A Seleção Nacional de Futebol Feminino garantiu, esta sexta-feira, a melhor classificação de sempre no Ranking FIFA. De relembrar que Portugal competiu, entre os...

Futebol

Próximo de completar cinco meses à frente da equipa brasileira do Botafogo, o treinador português Luís Castro vive um dos maiores desafios da carreira....

Cursos e Congressos

A Federação Portuguesa de Futebol (FPF) irá promover, nos dias 5 e 6 de setembro, o fórum de reflexão “Football Talks 2022”, evento que...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.