5 de Fevereiro 2023 03:32
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Natação

Francisca Martins e o recorde nacional nos 200 livres: “Acho que consigo fazer melhor ainda”

Francisca Martins, nadadora portuguesa. Foto: Federação Portuguesa de Natação

Francisca Martins alcançou esta semana o seu primeiro recorde nacional absoluto. A atleta da Foca Quinta Da Lixa confirmou o bom momento ao vencer no Open de Portugal, a decorrer no Jamor, os 200 livres com um máximo de Portugal absoluto de 2.01,30 minutos.

A atleta treinada por Simão Marinho também apresentou boa melhora, após o 7.º lugar na final do 200 livres dos Jogos do Mediterrâneo em Oran (Argélia), no início deste mês, quando terminou a prova com o tempo de 2.02,02 minutos – que, por sua vez, já havia sido melhor que o tempo obtido nas eliminatórias (2.02,38) da mesma competição.

Em plena evolução na carreira, a atleta de 19 anos afirmou ao final da prova no Jamor que ainda pode ir além. Em entrevista à Federação Portuguesa de Natação destacou que quer manter as parciais sempre abaixo dos 31 segundos.

“Acho que consigo fazer melhor ainda. Fiz um parcial a 31 segundos. O meu objetivo era fazer a prova toda abaixo dos 31 segundos e obviamente baixar dos 2 minutos é sempre uma barreia que toda a gente quer alcançar. Acho que posso fazer muito melhor. Ainda sou jovem, também me falta alguma experiência. Podem contar comigo mais algum tempo e espero e estar presente todas as épocas na seleção nacional. Quero ser topo nacional e internacional”, afirmou a nadadora portuguesa.

Francisca Martins (Foca Quinta Da Lixa) terminou a prova nesta quinta-feira à frente de Diana Durães (2.02,94), do Benfica, ficou em segundo – era, inclusive, a detentora do antigo recorde de Portugal (2.01,48, em 2017). Fechou o pódio Mariana Cunha (Colégio Efanor) com 2.04,15.

“Este recorde não era um objetivo para este campeonato. Eu sempre ambicionei fazer este recorde ao longo da época, sendo que apontei para os Jogos do Mediterrâneo o meu ‘pico’ de forma. Queria ter tentado lá e vim para o Jamor numa de bater o recorde pessoal e, se possível, aproximar do recorde nacional. Por isso, por estar mais descontraída, com condições muito boas de prova, com alguma competitividade, o que é sempre bom para nos puxar para outro patamar, foi possível bater o recorde nacional”, disse Kika Martins.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Natação

O nadador ucraniano Andriy Govorov foi recebido pela Federação Portuguesa de Natação para treinar em Portugal em cargo do treinador Alberto Silva. Isto devido...

Natação

A Gala da Natação realiza-se este sábado, dia 29 de outubro, na Quinta do Paço, em Vila Real. Este será o momento de consagração...

Cursos e Congressos

A Federação Portuguesa de Natação realiza, nos próximos dias 8 e 9 de outubro, a III Convenção Portugal a Nadar, em Vila Nova de...

Natação

O XII Torneio de Águas Abertas do Mondego vai realizar-se no próximo domingo pela Associação de Natação de Coimbra e a edilidade local. A...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.