5 de Fevereiro 2023 04:00
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Cursos e Congressos

Congresso APTN: Diana Gomes modera mesa com Alexis Santos, Tiago Campos, Cheila Vieira e Tiago Parati

Leiria – A segunda sessão deste sábado no 45.º Congresso da APTN foi reservada a ouvir as principais estrelas e força motriz da modalidade: os atletas. Com o encontro no Instituto Politécnico de Leiria moderado por Diana Gomes, ex-nadadora olímpica e presidente da Comissão de atletas Olímpicos, o tema em questão foi “O que se ouve na voz dos nossos nadadores?”. No debate estiveram presentes Tiago Campos (do Clube de Natação de Rio Maior, olímpico de Águas Abertas); Alexis Santos (nadador olímpico do Sporting CP); Cheila Vieira (GESLoures, da natação artística); e Tiago Parati (Clube Fluvial Portuense, polo aquático).

Um dos atletas mais vitoriosos da história da natação portuguesa com diversos recordes nacionais e títulos – com destaque em para a medalha de bronze no Europeus de Natação em Londres 2016, na prova dos 200m estilos -, Alexis Santos, 30 anos, falou entre outros pontos sobre a nova geração de atletas portugueses com um elogio. “Conseguem se adaptar melhor aos vários treinos que existem. Não existe só o fundo… Esse trabalho hoje em dia está a ser feito cada vez melhor”, destacou.

Questionado por Diana Gomes se faria algo diferente na carreira, o atleta do Sporting – presente nos dois últimos Jogos Olímpicos – revelou que gostaria de ter passado uma temporada nos Estados Unidos ou Austrália.

“Gostaria de ter tido uma outra experiência lá fora. Não em Espanha (como ele teve), mas nos Estados Unidos ou na Austrália. Isso gostava de ter feito. Tenho alguns amigos que foram para lá e neste momento estão lá a viver com a família e tenho bastante feedback de amigos que foram para outros países, principalmente para a América. Gostaria de ter tido essa experiência, aberto outras portas. Ficou a faltar isso. Não fui capaz de fazer, era muito novo. Ficou por fazer essa experiência”, admitiu.

“Pegando nesse ponto, o que eu diria ao Tiago de 15 anos trás, o conselho que eu tinha dado era: ouve quando as pessoas falam para fazer reforço muscular, usar elástico, fazer os exercícios. Cada vez mais fico preocupado se me vou magoar, o que me vai acontecer. Há 15 anos não pensava nisso”, contou Parati, atleta do polo aquático. “Uma profissão com mais contacto precisa ter mais atenção. Como dependemos um dos outros o fator de motivação, o sentimento de cumprir e procurar o objetivo comum. Isso acaba por ser diferente”, acrescentou em outro momento.

Cheila Vieira, presente na equipa com o melhor resultado de sempre para Portugal num Europeu, falou sobre o desenvolvimento da natação artística e das pretensões pessoais, que passam por Paris 2024. “Nós não conseguimos a vaga no torneio de qualificação em 2021 (Jogos de Tóquio), mas ficamos apenas a três pontos para entrar. Era impensável estar tão perto. isso motivou-nos a trabalhar ainda mais e nada é impossível e temos a imensa vontade de conseguir”, destacou.

Nadador português mais jovem a competir em Jogos Olímpicos nas águas abertas em Tóquio 2020, Tiago Campos é um dos principais atletas da disciplina no país. Aos 22 anos,  o atleta do Clube de Natação de Rio Maior, quando abordado o tema “saúde mental”, contou uma passagem importante da sua carreira.

“Em termos de mentalidade, eu antes dos Jogos Olímpicos houve altura na minha vida relativamente mal, não muito bem psicologicamente. E achei: bem, vou experimentar. E comecei a ver resultados a longo prazo. Acho que foi mesmo por isso que mantive a psicóloga e acho que me ajudou no meu percurso. Sem ela, não estava em Tóquio 2020 ou mesmo desistido natação. Também agradeço aos meus pais”, contou o nadador.

Com um público composto por dezenas dos principais treinadores de natação do país, o 45.º Congresso da APTN decorre no Instituto Politécnico de Leiria (Escola Superior de Educação e Ciências Sociais – ESECS). O evento acontece até o domingo com cerca 400 inscritos, 60 convidados e mais 14 oradores autopropostos numa extensa programação.

Aos participantes, o encontro garante certificado de formação para fim de revalidação de título profissional de treinador (2.0 unidades de crédito) e de técnico de exercício físico e direção técnica (1.0 unidades de crédito); além de acreditação pelo Conselho Científico-Pedagógico da Formação Contínua (CCPFC) dos grupos 260/620, na modalidade curso de formação (29 horas).

Foto: SM

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

Natação

Disputada em Jogos Olímpicos desde a edição de Los Angeles 1984, a natação artística (até 2017 tratada como natação sincronizada) jamais teve representantes portugueses...

Cursos e Congressos

A primeira edição do evento Power Talks, organizado pela Comissão de Atletas Olímpicos (CAO), ocorreu esta quarta-feira no auditório do Comité Olímpico de Portugal...

Natação

A leveza dos movimentos, a sincronia, o fôlego, a concentração, a coreografia em perfeita sintonia. Na competição, nada pode falhar. Quem assiste a uma...

Natação

Representante português na disciplina de águas abertas nos últimos Jogos Olímpicos, Tiago Campos é, atualmente, o principal nadador do país na modalidade. Aos 22...

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.