30 de Junho 2022 04:40
Segue-nos

O que procura?

SportMagazineSportMagazine

Judo

Catarina Rodrigues é a primeira mulher Head Sport Director na União Europeia de Judo

Foto: FPJ

A portuguesa Catarina Rodrigues tornou-se, esta semana, a primeira mulher a ocupar o cargo de Head Sport Director (Diretora Desportiva Principal) na União Europeia de Judo (UEJ). Após Congresso Extraordinário em Viena, que culminou com a eleição do novo presidente da entidade, o húngaro László Tóth, a antiga judoca passou a ocupar o novo posto.

A portuguesa já integra o Comité Executivo da instituição desde 2012, onde já desempenhou a função de Diretora Desportiva do organismo europeu durante uma década. Além disso, Catarina Rodrigues é graduada com o 6º Dan, treinadora certificada de judo, pós-graduada em gestão desportiva, medalhada de bronze no Campeonato do Mundo (2001), vencedora de duas Taças do Mundo, 15 vezes campeã nacional, atleta da seleção nacional durante 16 anos, Diretora de Atividades da Federação Portuguesa de Judo e membro da Comissão Mulheres e Desporto do Comité Olímpico de Portugal.

Após a reformulação do organograma da UEJ, Catarina Rodrigues assume um cargo que não era ocupado há dez anos e que nunca tinha sido desempenhado por uma mulher. Em declarações à Federação Portuguesa de Judo, a antiga judoca comentou sobre o novo cargo.

“Relativamente ao facto de ser a primeira mulher a ocupar este cargo, não olho para isso como algo muito relevante porque penso que estou aqui por mérito e não pelo facto de ser mulher. Se não tivesse conseguido alcançar este cargo por ser mulher, isso é que seria problemático, é contra isso que temos de continuar a lutar e ultrapassar eventuais dificuldades que algumas mulheres que queiram alcançar altos cargos de dirigentes ainda enfrentam”, afirmou.

O novo Comité Executivo do organismo europeu foi eleito até os Jogos Olímpicos de Paris 2024. “Esta eleição acaba por ser uma progressão natural no caminho que tenho estado a fazer na União Europeia de Judo desde 2008, quando comecei na comissão desportiva e depois em 2012, com a nomeação para a comissão executiva e para diretora desportiva. Com esta nova estrutura, as políticas desportivas são definidas de forma próxima entre mim e o vice-presidente, uma vez que já trabalhamos juntos desde 2012 e temos um excelente entendimento e fluxo de trabalho, além de bastante experiência nesta área. A minha função enquanto Head Sport Director é definir as políticas desportivas da EJU, juntamente com o vice-presidente do desporto e com o presidente, fazer a ponte entre o vice-presidente e os diretores desportivos e supervisionar e coordenar todo o trabalho dos diretores desportivos”, explicou Catarina Rodrigues.

Por fim, ela destacou a importância do cargo para o judo portuguesa. “Penso que é extremamente importante ter alguém na comissão executiva da União Europeia de Judo, é aí que se centram as decisões. Desde 2012, tenho conseguido representar Portugal, numa comissão executiva composta por 16 elementos em que todos têm de ter nacionalidades diferentes, ou seja, dos 51 países que integram a EJU, apenas 16 estão representados na comissão executiva, o que revela bem a importância de ter alguém neste grupo restrito”, disse.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de email não será publicado.

Artigos que poderá gostar

©2022 - SportMagazine - Revista de Treino Desportivo.
Todos os direitos reservados. Quântica Editora - conteúdos especializados, Lda. Praça da Corujeira, 30 4300-144 Porto, Portugal.
Website desenvolvido por Renato Sousa.